3 de agosto de 2013

Da desilusão à epopeia

Primeira parte: Vedetas 0 - Norwich 2
Segunda parte: Guerreiros 2 - Norwich 0
Terceira parte: um espetáculo cheio de simbolismo e beleza.
Assim se pode resumir a magnífica noite de hoje.
Numa primeira parte que apenas Salvador Agra se salvou de um espetáculo de vedetismo e passividade, fomos brindados com 45 minutos surpreendentes de espírito guerreiro, desde o nascimento de uma estrela chamada Rafa até à confirmação de um talento até agora injustiçado que dá pelo nome de Yazalde, passando pela fantasia de Hélder Barbosa.
Para o final estava reservado um espetáculo marcado pela criatividade e a fantasia, aliando a iconografia dos guerreiros da Bracara Augusta a uma GENIAL recriação do hino histórico do Enorme Sporting Clube de Braga.
Memorável.
(imagem maisfutebol.iol.pt)