2 de julho de 2012

Braga com seis reforços e muita ambição

Braga apresenta-se aos associados

A oficina do Sporting de Braga abriu as portas do Estádio Axa para a época 2012/13 traçando objectivos muito ambiciosos: além da passagem à fase de grupos da Liga dos Campeões, os bracarenses propõem-se lutar pelo pódio na Liga Zon Sagres e tentar a final das Taças nacionais.

O Braga apresentou seis reforços, com António Salvador a deixar em aberto a entrada e saída de jogadores até ao início das competições. Os reforços são Cristiano Pereira (guarda-redes formado no Braga que regressa depois de uma aventura no Valência), Florent (lateral ex-Leixões), Maximilian Haas (central ex-U. Leiria), Manoel (avançado ex-Penafiel) e Éder (avançado ex-Académica). Ismaily (ex-Olhanense) apenas chegou de tarde para se juntar aos colegas no treino.

Além dos reforços, regressam ao Braga os jogadores emprestados na última época, uma lista que inclui Guilherme (médio, Gil Vicente), Zé Luís (avançado, Gil Vicente), Rodrigo Galo (lateral, Gil Vicente) e Yazalde (avançado, Rio Ave). Pizzi que esteve emprestado ao Atlético de Madrid não se apresentou em Braga, sendo alvo de intensa especulação por parte da imprensa espanhola.

No capítulo das saídas, é certo que Nuno Gomes não vai integrar o plantel da próxima época, tendo sido convidado para integrar a estrutura organizativa do Sporting de Braga. De saída estão também o guarda-redes Berni, o defesa central Samuel, o lateral Imourou e o avançado Paulo César. Os emprestados Ukra e Miguel Lopes regressam ao Porto, enquanto Ruben Amorim permanece em Braga mais um ano por empréstimo do Benfica. O mesmo sucede com o central Ewerton que tem mais um ano de contrato de empréstimo.

Os internacionais Custódio, Hugo Viana, Elderson e Djamal não estiveram na abertura do trabalhos, integrando os trabalhos do Braga mais tarde.