6 de maio de 2012

Braga 1 - Beira Mar 0: Custódio Garante Champions

Custódio festeja golo que garante Champions

Passava exactamente um ano sobre o dia em que o mesmo Custódio marcou o golo mais feliz da história do Braga na Europa, consumando o acesso à final da Liga Europa disputada em Dublin. Ontem, foi o mesmo Custódio, com a mesma garra e determinação, que decidiu o acesso à Liga dos Campeões e consolidou o terceiro lugar dos bracarenses no pódio.

O jogo começou nervoso, com jogadores e adeptos muito temerosos e impacientes. Ainda assim, na primeira parte o Braga foi mais dominador ainda que muito ineficaz. Logo aos nove minutos, Nuno André Coelho cabeceou com muito perigo após cruzamento de Hugo Viana, coma boa a passar junto ao poste da baliza de Rui Rego. Até aos vinte minutos, quando o Beira Mar deu o primeiro ar da sua graça, o Braga ainda teve mais duas oportunidades que podiam ter inaugurado o marcador. Mas não inauguraram. O nervosismo e a impaciência foram aumentando, com os bracarenses a saírem para o intervalo sob tímidos assobios dos adeptos.

A equipa regressou na segunda parte determinada a vencer, mas a determinação esbarrou sempre na qualidade de Rui Rego que, aos 56 minutos, foi surpreendido por um remate perigoso de Custódio que inaugurou o marcador e colocou o Braga numa posição que, conjugada com o outro resultado (na altura empate entre Porto e Sporting de Lisboa), dava acesso à pré-eliminatória da Liga dos Campeões. Os adeptos pediam mais aos jogadores e os jogadores pediam mais apoio aos adeptos, mas a festa só voltaria a fazer-se já perto do final quando o Porto marcou ao Sporting e colocou o Braga ainda mais perto de garantir o pódio.

E assim foi. A festa aconteceu no final da partida e todos em conjunto, jogadores, equipa técnica e adeptos, festejaram mais um momento único no Estádio Axa que é cada vez mais o Estádio das nossas alegrias!