1 de abril de 2012

Benfica 2 - Braga 1: João Ferreira, o Preferido, Decide

João Ferreira, o árbitro que Luís Filipe Vieira escolheu para arbitrar umas meias finais da Taça de Portugal, está bem presente na história recente do Braga. E pelos piores motivos. Quem não se lembra do penalti inexistente favorável ao Setúbal, já em períodos de descontos, no velinho 1º de Maio? E quem se esquece do penalti inexistente, marcado a favor do Benfica por pretensa mão de Nem, no novo Estádio Axa? Não só não esquecemos como juntamos ao rol das queixas uma arbitragem escandalosa no último Benfica-Braga. Apesar das tentativas de branqueamento da imprensa alinhada, o Benfica desta vez não fala de arbitragens porque, além de poder escolher os árbitros que não quer nos seus jogos, também pode dar-se ao luxo de ter árbitros que se esquecem de ver penaltis na sua grandes área. Assim foi ontem, quando se esqueceu de assinalar uma grande penalidade por carga de Javi Garcia sobre Lima. Este lance marca o jogo e mancha de injustiça o seu resultado.

Que a escumalha em que transformaram a Liga goste, não nos admiramos. Agora que a imprensa continue a branquear isto é verdadeiramente nojento.

Contra tudo e contra todos, VIVA O BRAGA!