18 de março de 2012

Feirense 1 - Braga 4: Doze Jogos Sempre a Ganhar

Helder Barbosa (Braga) marca ao Feirense

O Braga viajou até ao Santa Maria da Feira onde defrontou o clube local no Estádio Marcolino de Castro e regressou à Capital do Minho com a décima segunda vitória consecutiva, a melhor série da história do Braga e o record absoluto (e inultrapassável) da presente edição da Liga.

Os bracarenses começaram a vencer logo ao seis minutos por intermédio de Hélder Barbosa. O jogo foi para intervalo com vantagem magra dos arsenalistas até que aos 55 minutos de jogo, Lima aproveita um mau alívio de Stopira (Feirense) e marca o 2-0, igualando Cardoso no topo da lista de melhores marcadores, com 18 golos. Três minutos depois foi a vez de Lima dar a marcar, tocando a bola para Mossoró que acabou por disparar para o fundo das redes consumando o 3-0. Hugo Viana, o maestro da equipa bracarenses que Paulo Bento continua a não querer ver jogar, fechou a conta do Braga aos 73 minutos através da marcação de um livre.

O Feirense ainda reduziu por Buval, mas o Braga trouxe para o Minho três pontos que colocam mais perto o regresso à Liga dos Campeões e mantêm acesa a esperança dos adeptos na luta pelo título.