22 de janeiro de 2012

Braga 2 - Rio Ave 1: Vitória em Dia de Aniversário



Foi com um estádio cheio sem entradas grátis que os bracarenses celebraram o 91º aniversário do Sporting Clube de Braga. A festa contou com duas equipas determinadas a vencer e uma equipa (de arbitragem) determinada a ganhar o protagonismo através de uma exibição vergonha que muito prejudicou o Sporting Clube de Braga e que culminou na marcação de uma grande penalidade inexistente aos 90 minutos de jogo.

Mas vamos ao filme do jogo. O Braga dominou a primeira parte, que terminou com dois golos de rajada marcados pelos bracarenses. O primeiro, aos 39, quando Alan desmarca Lima que cruza ao segundo poste onde aparece Elderson que não consegue fazer o golo e acaba por ser Douglão a introduzir a bola na baliza e a abrir o marcador. Quatro minutos depois, Alan remata com estrondo para corte incompleto da defensiva do Rio Ave, sobrando a bola para Hélder Barbosa que, à entrada da área, remata para o segundo golo do Braga.

A segunda parte fica marcada por maior equilíbrio entre as duas equipas. O Braga teve oportunidade para matar o jogo, com Lima a rematar ao poste e Helder Barbosa a aproveitar o ressalto para rematar à barra. Já no último minuto da partida, o árbitro acaba por assinalar uma grande penalidade completamente inexistente (a infração decorre fora da área) e que permite ao Rio Ave reduzir para 2-1, o resultado final do jogo.