30 de outubro de 2011

Escândalo: Xistra Oferece Vitória

Carlos Xistra, já conhecido pelos seus graves erros, condicionou de forma escandalosa a luta pela manutenção ao marcar um pénalti inexistente no último jogo entre Guimarães e Rio Ave. O árbitro não autoriza a substituição que o Rio Ave tinha solicitado e, na mesma jogada, ignora carga do jogador vimaranense sobre Tiago Pinto que, em desequilíbrio e de costas, vê bola embater na sua mão. Como se não bastasse, o árbitro assinala penalti que decide o jogo. Uma vergonha. Um escândalo. Um caso para ser analisado pela Liga sob pena de se descredibilizar em absoluto o campeonato português.

Agência Lusa: Golo nos descontos dá triunfo imerecido ao Vitória de Guimarães. O lance que está na base da vitória dos minhotos é, contudo, precedido de falta: Alex puxa e desequilibra Tiago Pinto.

Público: Carlos Xistra assinala uma grande penalidade duvidosa a favor do conjunto vimaranense.

A Bola: Quando estavam decorridos 5 minutos de compensação, a bola vai ao braço de Tiago Pinto, que se encontrava de costas para o esférico.