29 de outubro de 2011

Algo tem que mudar!

Se, no início da época, o discurso tivesse sido diferente, eu, o sócio comum, até estaria satisfeito com a carreira do SC de Braga. No entanto, o discurso foi no sentido de colocar o clube entre os três primeiros. É óbvio que não temos os meios milionários nem os "fundos" mais ou menos obscuros dos outros. Mas não fomos nós, os adeptos, que colocamos a fasquia tão alta. Prometeram-nos a luta pelo título.
E o que vemos hoje não é isso. O que vimos hoje foi uma equipa que se pode dar por satisfeita com um pontinho obtido frente a uma equipa mediana.
Portanto, das duas uma: ou se muda o discurso e se diz aos sócios que vamos tentar cimentar a nossa posição de quarto clube português ou se criam condições para, de facto, lutarmos sempre pelas vitórias.
Eu nunca gostei de falar de opções técnicas porque treinadores de bancada já há muitos. Mas uma equipa cujo meio-campo se limita a destruir e enviar bolas para a frente, à espera de milagres, não pode ser candidata a nada a não ser a um mero apuramento para a Liga Europa.