16 de setembro de 2011

Mais uma vez a SIC...

Blues v SC Braga - 15th Sept 2011

Caros responsáveis da Edição de Desporto da SIC:

Escrevo a propósito da reportagem do jogo Birmingham City 1 - 3 Sporting de Braga, ocorrido ontem, e sobre as afirmações proferidas, e abaixo citadas, pelo jornalista responsável. Tentarei manifestar em nome pessoal o desagrado acumulado dos bracarenses, agravado por mais um episódio protagonizado pela supracitada estação de televisão.

Jornalista da SIC, a propósito do 2.º golo do Braga em Birmingham: "Um lance que devia ter sido anulado. Lima tira partido de uma posição de fora-de-jogo no início da jogada, para depois finalizar."

Em primeiro lugar cumpre o dever da imprensa nacional ter um certo teor patriótico, por isso, mesmo quando saímos porventura beneficiados em alguma situação de um jogo, ocorre a tentativa de o  descrever de uma forma afável e não categórica.

Em segundo lugar, os jornalistas da edição de desporto de um jornal, e muito mais de uma estação de televisão, deveriam ter por base um conhecimento inequívoco das leis do jogo, que não permitisse chamar absolutamente ilegal a um lance que é absolutamente legal, como foi reconhecido em toda a imprensa da generalidade e pelo próprio treinador adversário.

Em terceiro lugar, postos os factos, relembramos a atitude dos jornalistas da SIC ao passarem uma mensagem conveniente ao Benfica, após um jogo em que o Braga ganhou por 2-0 na época 2009/2010, mensagem essa que conduziu jogadores do Braga a sanções duvidosas que influenciaram a decisão da Liga desse ano que, pasmem-se, foi disputada até à jornada derradeira entre os dois clubes em questão. Juntando a isso, a transmissão efectuada pela SIC da segunda mão da meia-final da Liga Europa da época passada, a qual opôs novamente estes dois clubes e, uma vez mais deu a vitória ao Sporting de Braga, na qual a enorme e histórica festa dos adeptos no Estádio foi absolutamente ignorada pela equipa de jornalistas responsável pela transmissão. A emissão foi interrompida imediatamente após o jogo.

Estes factos fazem, obviamente, os habitantes da cidade de Braga e os adeptos e associados do Sporting Clube de Braga, desconfiarem da constante antipatia de que somos alvo em certos sectores do jornalismo da SIC. Não parece haver outra explicação que não seja o facto de termos ousado desafiar, durante duas épocas consecutivas, o clube afecto de alguns jornalistas. Recordamos, todavia, que é dever primordial de um jornalista a isenção e, portanto, pedimos à Edição de Desporto da SIC mais respeito e consideração pelos bracarenses que, recordo, sempre nutriram uma cordial simpatia para com esta estação de televisão, a única com estúdios na terceira cidade de Portugal.

         Com as melhores saudações, esperando contribuir para aumentar em qualidade o vosso trabalho,

                                                      Rui Ferreira 
                                                     um dos 26.831 associados do Sporting Clube de Braga, 
                                                     um dos 181.819 habitantes do município de Braga