30 de setembro de 2011

Força Campeões!

Photobucket

O Taekwondo do SC Braga estará representado por seis atletas no prestigiado Open de Inglaterra, que se realizará nos dias 1 e 2 de Outubro na cidade de Manchester.

Os atletas do SC Braga, partem para este torneio internacional de grande nível, tendo por objectivo alcançar pontos para o ranking nacional olímpico que apurará os representantes lusos que em Janeiro tentarão o acesso aos Jogos Olímpicos de Londres 2012.

Este evento de classe A, que é também pontuável para o ranking mundial (G2), contará com uma participação de aproximadamente 500 atletas, maioritariamente das categorias olímpicas.

As inscrições surpreendem pela forte adesão, chegando algumas categorias a contar com 50 competidores, oque revela e faz prever uma competição de grau de dificuldade elevado e exigente.

Quer pelo nível qualitativo dos atletas participantes e também porque nos encontramos em período pré olímpico, onde todas as selecções que ainda não apuraram os seus atletas para os Jogos de Londres vão lutar por esse objectivo.

Os atletas do SC Braga, Ana Coelho (-49Kg) e Mário Silva (-68Kg) em representação da selecção nacional, viajam desde o Porto na companhia do seleccionador nacional Joaquim Peixoto, por outro lado, Karina Reis (49Kg), Eduardo Rodrigues (-68Kg), Michel Fernandes e Miguel Rodrigues, ambos da categoria olímpica (-80Kg), em representação do clube, viajam na companhia do técnico do SC Braga, Pedro Campaniço.

Notícia scbraga.pt

Uma convocatória inacreditável!

É a primeira vez (neste blogue ou noutro sítio qualquer) que critico negativamente Paulo Bento como seleccionador nacional.

A convocatória hoje divulgada para a selecção nacional não é polémica ou equívoca. É ABSURDA E INCOMPETENTE.

Como se entende esta chamada de jogadores que nos clubes não jogam, outros em clara fase de má forma e deixar de fora alguns que têm estado em grande nível nos seus clubes. Se Hélder Barbosa não merece ser chamado, quando merecerá? Que mais é preciso ele fazer. Ah, já sei, talvez transferir-se para um clube do sistema, como aconteceu com João Pereira; em Braga não prestava mas no Sporting passou a ser um seleccionado indiscutível. E o Quim, só era bom no Benfica? Eduardo, suplente do Benfica está em melhor forma que o titular do Braga? Claro que não, mas é do Benfica...
Mas não se trata apenas de deixar de fora jogadores do Braga; não é só isso que me perturba. Por exemplo, Paulo Jorge tem sido o pilar de uma equipa que está em primeiro lugar no seu grupo da Champions. No entanto, Paulo Bento preferiu chamar Sereno para a mesma posição... Isto não é um erro; é estupidez!

28 de setembro de 2011

Jardim Quer Centésima Vitória no Axa

Leonardo Jardim fez a antevisão do jogo de amnhã com o Club Brugge, onde manifestou a vontade dos arsenalistas continuarem a liderar o grupo H da Liga Europa e também de conquistarem a 100ª vitória no Estádio Axa, um palco que tem sido de glória para os bracarenses. O jogo da segunda jornada da Fase de Grupos da Liga Europa disputa-se amanhã, dia 29 de Setembro, pelas 18 horas no Estádio Axa.

25 de setembro de 2011

A Propósito da Grandeza

Não deixa de ser irónico que um blog que mente descarada e deliberadamente nas estatísticas para não conviver com a realidade e que se recusa a escrever o nome do Sporting de Braga para não enfrentar os traumas venha falar na grandeza das instituições a propósito da recusa dos jogadores do Braga entrarem em campo com crianças equipadas com as vestes do Vitória de Guimarães.

Na verdade, se também por aqui reconhecemos que o episódio era dispensável, não nos deixamos levar pelas falinhas mansas de lobos com pele de cordeiro que branqueiam a vergonhosa violência dos seus adeptos e que alimentam quotidianamente uma guerra insana e sem qualquer sentido. Se fossem coerentes, depressa teriam percebido que apenas tem autoridade para criticar esta posição do Braga quem adopta uma postura de respeito em relação ao adversário, coisa que não se costuma ver por ali.

E já que puxaram o assunto, mostrem lá que querem ser grandes e actualizem a estatística...

Braga 2 - Nacional 0: No Topo da Liga

O Braga recebeu e venceu o Nacional da Madeira por 2-0, num jogo que colocou os bracarenses no topo da Liga em conjunto com Porto e Benfica. Os arsenalistas chegaram ao golo ainda na primeira parte (facto inédito nesta Liga), através de um remate certeiro de Nuno Gomes, o avançado português que mais marca na pesente temporada. Depois, a reação do Nacional fez-se sentir, mas o Braga dominou o jogo e acabou por aumentar a vantagem por Paulo Vinicius que voltou a marcar de cabeça, tal como havia feito na jornada anterior diante do Guimarães.

Com os 3 pontos somados no Estádio Axa, o Sporting de Braga atinge o topo da classificação, preparando a deslocação à Marinha Grande onde vai defrontar a União de Leiria no próximo Domingo.

21 de setembro de 2011

Taça de Portugal: Grandes Jogam Fora

O SC Braga reencontra o 1.º Dezembro, equipa da segunda divisão que vendeu cara a derrota (1-2) aos bracarenses na última edição da prova. A partida disputa-se no dia 15 de Outubro, em Sintra.

Principais partidas:
14 de Outubro:
Portimonense (LH) - Benfica (L)

15 de Outubro:
Pêro Pinheiro (III) -- FC Porto (L)
1.º Dezembro (II) -- Sporting de Braga (L)
Famalicão (II) - Sporting (L)

Restantes partidas no dia 16 de Outubro.

20 de setembro de 2011

Violência e Injustiça Marcam Derby

Os 1.500 adeptos que se deslocaram de Braga a Guimarães para ver o clube local defrontar o finalista da última edição da Liga Europa foram prendados com o habitual comportamento selvático dos adeptos locais e ainda com um resultado verdadeiramente injusto para o Sporting de Braga. Se houve uma equipa que merecia ganhar, essa equipa era o Sporting Clube de Braga.

A forma como se comportaram as claques do Guimarães e o cobro que a Liga e a Arbitragem têm dado a esse tipo de comportamento resultará com toda a certeza numa tragédia no futebol nacional. Aguarda-se para ver o castigo que um clube que todos reconhecem como mais reincidente na violência receberá por um comportamento que interferiu com o curso do jogo, colocou em risco a segurança dos jogadores e provocou uma paragem de alguns minutos. Aguarda-se também que a direcção do clube daquele sede de município do Distrito de Braga emita um comunicado a repudiar a atitude selvática dos seus próprios adeptos, tal como fez quando estes agrediram jogadores da equipa profissional. Ou será que a violência só é criticável quando dirigida aos deles?

Apesar das borlas e dos 1.500 adeptos que se deslocaram de Braga com bilhetes a 22 Euros, estiveram no Estádio D. Afonso Henriques cerca de 18.000 adeptos. Enganou-se Rui Vitória quando disse que aquele era o único clube capaz de meter mais de 20.000 pessoas no Estádio. Ele que vá ver quantos estiveram na Meia Final da Liga Europa, com bilhetes exclusivamente vendidos a associados do Sporting de Braga (para lá dos enviados para a Luz por força da Lei).

Contas feitas, o Braga é terceiro isolado e o Sporting lá continua a receber os créditos da contestação à arbitragem.

16 de setembro de 2011

Mais uma vez a SIC...

Blues v SC Braga - 15th Sept 2011

Caros responsáveis da Edição de Desporto da SIC:

Escrevo a propósito da reportagem do jogo Birmingham City 1 - 3 Sporting de Braga, ocorrido ontem, e sobre as afirmações proferidas, e abaixo citadas, pelo jornalista responsável. Tentarei manifestar em nome pessoal o desagrado acumulado dos bracarenses, agravado por mais um episódio protagonizado pela supracitada estação de televisão.

Jornalista da SIC, a propósito do 2.º golo do Braga em Birmingham: "Um lance que devia ter sido anulado. Lima tira partido de uma posição de fora-de-jogo no início da jogada, para depois finalizar."

Em primeiro lugar cumpre o dever da imprensa nacional ter um certo teor patriótico, por isso, mesmo quando saímos porventura beneficiados em alguma situação de um jogo, ocorre a tentativa de o  descrever de uma forma afável e não categórica.

Em segundo lugar, os jornalistas da edição de desporto de um jornal, e muito mais de uma estação de televisão, deveriam ter por base um conhecimento inequívoco das leis do jogo, que não permitisse chamar absolutamente ilegal a um lance que é absolutamente legal, como foi reconhecido em toda a imprensa da generalidade e pelo próprio treinador adversário.

Em terceiro lugar, postos os factos, relembramos a atitude dos jornalistas da SIC ao passarem uma mensagem conveniente ao Benfica, após um jogo em que o Braga ganhou por 2-0 na época 2009/2010, mensagem essa que conduziu jogadores do Braga a sanções duvidosas que influenciaram a decisão da Liga desse ano que, pasmem-se, foi disputada até à jornada derradeira entre os dois clubes em questão. Juntando a isso, a transmissão efectuada pela SIC da segunda mão da meia-final da Liga Europa da época passada, a qual opôs novamente estes dois clubes e, uma vez mais deu a vitória ao Sporting de Braga, na qual a enorme e histórica festa dos adeptos no Estádio foi absolutamente ignorada pela equipa de jornalistas responsável pela transmissão. A emissão foi interrompida imediatamente após o jogo.

Estes factos fazem, obviamente, os habitantes da cidade de Braga e os adeptos e associados do Sporting Clube de Braga, desconfiarem da constante antipatia de que somos alvo em certos sectores do jornalismo da SIC. Não parece haver outra explicação que não seja o facto de termos ousado desafiar, durante duas épocas consecutivas, o clube afecto de alguns jornalistas. Recordamos, todavia, que é dever primordial de um jornalista a isenção e, portanto, pedimos à Edição de Desporto da SIC mais respeito e consideração pelos bracarenses que, recordo, sempre nutriram uma cordial simpatia para com esta estação de televisão, a única com estúdios na terceira cidade de Portugal.

         Com as melhores saudações, esperando contribuir para aumentar em qualidade o vosso trabalho,

                                                      Rui Ferreira 
                                                     um dos 26.831 associados do Sporting Clube de Braga, 
                                                     um dos 181.819 habitantes do município de Braga

Derby do Minho: Manifesto Anti-Violência

O Sporting de Braga desloca-se a Guimarães no próximo dia 19 de Setembro para defrontar o Vitória local. Como todos recordam, os últimos jogos entre Braga e Guimarães têm ficado marcados por tristes cenas protagonizadas por alguns adeptos. Porque o futebol é um espectáculo que deve ser vivido com desportivismo e fair-play, o Arsenal de Braga apela a todos os que vão assistir ao jogo no Estádio D. Afonso Henriques para que observem um comportamento de respeito pelos adversários. Qualquer que seja o resultado, o futebol e a imagem do Minho sairão reforçadas se a dignidade em torno deste jogo for mantida. Se o fizermos, essa será a maior vitória do futebol e a maior vitória de um Minho que vale muito mais unido do que desavindo.

Hélder Barbosa a Caminho da Selecção

Blues v SC Braga - 15th Sept 2011

Com cinco golos marcados nos últimos quatro jogos, dois em Birmingham na quinta-feira em encontro da fase de grupos da Liga Europa, Hélder Barbosa está a atravessar um grande momento na carreira, ao serviço do Braga de Leonardo Jardim. António Violante, selecionador nacional sub-17 em 2003, quando Portugal foi campeão europeu, elogia as boas prestações do jogador, mas lembra que uma chamada à seleção depende de Paulo Bento. Uma notícia da RTP Online:

"O Paulo Bento é que sabe, mas é bem provável". É assim que Antóno Violante vê uma possível chamada de Hélder Barbosa à seleção nacional. O antigo técnico da equipa das quinas em sub-17, campeão europeu em 2003 com o jogador na equipa, elogiou o percurso do esquerdino do Sporting de Braga nas seleções nacionais, mas relembra que "Hélder Barbosa tem ali gente de muita qualidade para ultrapassar, como é evidente", dando os exemplos de Cristiano Ronaldo, Nani e Varela.

Considera-o um "jogador muito intuitivo e inteligente, mas que por vezes perdia em momentos demasiado individualistas". No entanto, António Violante sente que o Hélder Barbosa amadureceu e está, neste momento a "atingir a dimensão coletiva e tática do jogo" e é por isso que está a sobressair tanto. Para o antigo técnico, o jovem das escolas do FC Porto "está a perceber que não é ele e mais dez".

Sobre a sua prestação no europeu sub-17, de onde Portugal saiu vencedor, Violante relembra que Hélder Barbosa era "um bom jogador" e integrou a seleção sendo um ano mais novo. Apesar de não ser titular na altura, "já evidenciava as qualidades que tem agora" e chegou a "entrar algumas vezes". O antigo selecionador pensa que "ele está a confirmar a ideia que nós tínhamos na altura à cerca dele".

Nomeação Polémica no Derby do Minho

Um Braga muito moralizado pela vitória histórica de Birmingham desloca-se a Guimarães para disputar a 5ª jornada da Liga. A partida será de elevado grau de dificuldade para os bracarenses tendo em conta o nível de motivação dos vizinhos e o inegável desgaste da partida europeia de ontem. Ainda assim, Leonardo Jardim tem surpreendido pela positiva os sócios e adeptos do Braga que, apesar dos resultados positivos neste arranque de temporada, ainda olham com alguma desconfiança para os créditos do treinador madeirense. O jogo está marcado para as 19.15 e tem transmissão directa na SportTV.

A arbitragem fica a cargo de Pedro Porença, uma nomeação muito polémica tendo em conta que este árbitro tem um longo historial de equívocos em prejuízo do Sporting de Braga e benefícios ao Vitória de Guimarães. Ficam alguns registos:

Braga - Sporting (10/11): Proença Leva 3º Para Lisboa
A festa que os jogadores e adeptos do Sporting fizeram no final do jogo mostra bem a pequenez de Alvalade. Para ficar em terceiro, o Sporting de Lisboa precisou da ajuda de um árbitro vindo de Lisboa que se esqueceu de assinalar uma grande penalidade evidente de Polga sobre Meyong aos 43 minutos e cuja conversão garantiria o 3º lugar ao Sporting de Braga. Mais: o Sporting precisou da ajuda de Proença para ampliar o seu anti-jogo dos lisboetas e gozou de uma dualidade de critérios verdadeiramente irritante.

Braga - Porto (09/10): Proença Não Vê Penálti
Registe-se, para memória futura, que Pedro Proença voltou a esquecer-se de marcar uma grande penalidade escandalosa por falta de Álvaro Pereira sobre Alan, o herói da noite que havia de marcar o golo da vitória em dia de aniversário.

Guimarães - Braga (04/05): Assalto ao Bom Jesus
Uma arbitragem polémica que saltou para a primeira página de todos o jornais: o Braga foi gravemente prejudicado por Pedro Proença que ainda ameaçou os jogadores do clube bracarense com processos judiciais. As relações entre o clube e o árbitro andam azedas desde esse tempo.

Braga Ganha em Sócios e Assistências no Estádio

A Agência Lusa distribui hoje uma notícia em que dá conta dos números relativos ao Braga e ao Guimarães no que diz respeito a associados e número de lugares anuais vendidos. Diz a notícia que o Braga ganha em número de associados (26.831 contra 25.136) mas o Guimarães vence em número de lugares anuais vendidos (mas os valores não são apresentados). Como já vem sendo tradição, a falta de rigor continua a imperar no seio da comunicação social e, em particular, da Agência Lusa. É que, na única estatística que verdadeiramente conta em termos de lugares vendidos no estádio, a verdade é que o Braga também vence o Guimarães: na Liga da época transacta, a assistência média no Estádio Axa foi de 14.509 contra 13.949 no Estádio D. Afonso Henriques. Um pouco mais de rigor só ficaria bem à agência de notícias do Estado.

Parabéns ao SuperBraga.com

É nas coisas mais pequenas que se distinguem os grandes clubes. Quem compara o tópico criado no fórum SuperBraga.com a propósito do próximo derby...


...com o tópico sobre o mesmo assunto publicado no fórum VitoriaSempre.net...


...depressa percebe que a urbanidade é uma coisa que não se aprende: ou se tem, ou se não tem.

Birmingham 1 - Braga 3: A História Aconteceu

Hélder Barbosa Festeja Golo

A história é fácil de contar porque a noite de hoje entra para a História por dois motivos antagónicos mas complementares: o Braga venceu pela primeira vez em Inglaterra e o Birmingham perdeu pela primeira vez um jogo europeu no secular estádio de St. Andrew's. Confira as principais notícias sobre o feito histórico do Braga:

Braga com triunfo histórico, uefa.com
Barbosa brace beats Blues, SkySports
Round-up: Barbosa's double buries Birmingham while spirited Irish succumb, The Independent
Birmingham 1-3 Braga, BBC
Birmingham find fluent Braga hard to handle in Europa League opener, The Guardian
Birmingham City 1 Sporting Braga 3: match report, The Telegraph
Leonardo Jardim destaca liderança no grupo, Público
Reportagem completa no site da Rádio Voz do Neiva

14 de setembro de 2011

11 de setembro de 2011

Braga 3 - Gil Vicente 1: Uma Vitória Difícil

O Braga entrou em campo determinado a vencer um Gil Vicente moralizado pelas boas prestações diante de Porto e Benfica. Os primeiros minutos mostraram um pouco do Braga, mas depressa o Gil Vicente se fez senhor da bola que guardou no meio campo dos visitados. A primeira parte trouxe um Braga apático, com muito pouco futebol e com muitos erros do adaptado Djalmal e do estreante (na Liga) Vinicius. A segunda parte trouxe mais de Braga ao jogo e a entrada de Nuno Gomes acabou por ser determinante. Depois de uma sequência de falhanços, o ponta de lança português acaba por se estrear a marcar na Liga e inaugurar o marcador. A partir daí, o Braga cresceu e instalou-se no meio campo gilista. Na sequência de um livre a favor da turma de Barcelos, Lima surge isolado e acaba derrubado à entrada da área quando se isolava no caminho da baliza. Corria o minuto 62 e Éder Sciola é expulso deixando o Gil reduzido a dez. A partir daí viu-se ainda mais Braga, culminando com um golo de belo efeito concretizado por Hélder Barbosa (mas que belo início de temporada!) aos 72 minutos. Depois disso, Jardim mexeu no que estava a funcionar e meteu Salino no lugar de Barbosa. O Braga passou a falhar muitos passes, a defender cada vez mais recuado e acabaria por sofrer, de penalti, já perto dos 90. Com o Gil Vicente a acreditar que podia empatar, os bracarenses tentaram segurar a bola e o jogo, mas quando todos se preparavam para descansar, Nuno Gomes arma o remate na esquina da área e concretiza o 3-1 que traria tranquilidade até ao apito final.

10 de setembro de 2011

Arbitragens convenientes

É conhecida a simpatia de Duarte Gomes pelo Benfica. E hoje o senhor do apito tudo fez para confirmar tal paixão.
Quanto ao Sporting, de tantas pedras atiradas ao coqueiro, os cocos começaram a cair! E bem maduros! Irá agora o senhor Freitas falar da incompetência dos árbitros? Ou vai apenas apanhar os cocos?
E assim vai a nossa triste liga...