30 de janeiro de 2011

Braga Fora da Taça da Liga

O Braga venceu estar tarde o Arouca, clube que milita na Liga Orangina, por quatro bolas a zero, resultado que veio a revelar-se insuficiente para seguir em frente na Taça da Liga. Ao contrário do que era esperado, e apesar do Guimarães se ter apresentado na competição com a máxima força, o jogo que decidiu o grupo foi o Braga - Paços de Ferreira, partida que os pacences venceram com toda a justiça no Estádio Axa.

O Guimarães sai humilhado da competição, apenas conseguindo defrontrar de igual para igual a equipa do Arouca. Depois da derrota contundente em Braga, final de jogo ao ritmo de "olés" em Paços de Ferreira.

27 de janeiro de 2011

A grandeza está na alma

Eu não quero que o Braga seja um “grande”!
Se ser grande é agredir um jogador à chapada em pleno relvado e ficar impune; se ser grande é beneficiar de três penaltis inventados e ainda queixar-se do árbitro, então ser grande é ser chorão e oportunista. Isso eu não quero para o meu Braga.
Se ser grande é ter dívidas quase do tamanho do buraco do BPN num país em que o Estado rouba dinheiro aos professores, médicos e funcionários públicos, então eu não quero que o meu Braga seja “grande”! Porque neste país de oportunistas e ladrões, ser grande é ser o maior dos aldrabões.
Tenho saudades do meu Braga de jogadores-operários, do Fernando e do Chico Gordo, do Marinho e do Garcia, do Artur e do Paulo Rocha! Do Braga que não queria ser grande mas em que os jogadores eram bracarenses e deixavam sangue e suor em campo. Não éramos nem queríamos ser grandes. Mas para nós, os indefectíveis do “tribunal” ou do monte Picoto, eram os verdadeiros Guerreiros, os heróis sem ilusões de grandeza mas com o orgulho todo de quem luta pelo que é seu: pelo seu símbolo, pela sua camisola vermelha de mangas brancas.
Neste Braga do início do século XXI eu vejo conquistas nunca sonhadas; mas vejo também o meu Braga misturado com todo o lixo que este país vai alimentando. E a maior lixeira está lá em cima, onde o meu Braga quer chegar; eu não sei se quero…

Revolução No Mercado (em actualização)

A reabertura do mercado de Inverno e o apuramento para a Liga Europa vão trazer várias novidades ao plantel do Sporting Clube de Braga. Para já, são quatro os reforços: Vinicius e Marco Ramos a título definitivo, enquanto Káká e Ukra chegam por empréstimo.

Nas saídas, e porque segundo António Salvador já não sai mais nenhum jogador, faz-se já o balanço final: entre os jogadores mais influentes, Moisés e Matheus, que terminavam o contrato no final da época rumaram ao Qatar e Ucrânia, respectivamente; Luis Aguiar regressou à Rússia e Madrid foi dispensado. 

Entradas (confirmadas): Vinícius (ex-Olhanense), Marco Ramos (ex-Lens), Káká (ex-Hertha Berlim, empréstimo), Ukra (ex-Porto, empréstimo)

Saídas (confirmadas): Felipe (Flamengo), Élton (Vasco da Gama), Matheus (Dnipro), Moisés (Al-Rayyan) George Lucas (Avaí), Léo Fortunato, Andrés Madrid, Luís Aguiar.

20 de janeiro de 2011

Deixem o Pizzi crescer!

Nós, os adeptos da bola, às vezes temos atitudes tão irracionais que, se olharmos para trás e nos observarmos no espelho do tempo, dão vontade de rir. Há uns meses quase todos concordaríamos com o empréstimo de Pizzi ao Paços de Ferreira. Chamaríamos louco ao Domingos se ficasse com ele no plantel e dispensasse, por exemplo, o Paulo César.
Mas acontece que o Pizzi marcou uns golinhos jeitosos, um deles ao nosso SC Braga. E logo surgiram os novos adeptos do Pizzi, que vêem nele o novo salvador da Pátria e, pior ainda, vêem no seu empréstimo a incompetência do treinador e da direcção. Já pouco falta para se fazerem petições e abaixo-assinados pelo regresso do jogador.
Pizzi é um jovem que tem muito que crescer. Sejamos pacientes. É claro que eu apoio sempre a aposta nos jovens. Mas vamos com calma. Neste momento o que a nossa equipa precisa é de um verdadeiro patrão do meio campo, que jogue e faça jogar. Não seria certamente o Pizzi que iria voltar a fazer-nos brilhar.

19 de janeiro de 2011

Voleibol: Braga perde na Trofa


© Voleibol - SC Braga


A contar para a 15ª jornada do Campeonato A1 feminino o Sporting de Braga deslocou-se até à cidade da Trofa, para defrontar as actuais campeãs nacionais em título.

O Académico da Trofa depois de ter passado algumas dificuldades económicas no principio da época o que lhe custou alguns pontos na tabela classificativa, parece agora querer voltar à normalidade competitiva e “não brincou em serviço” no jogo com o Braga vencendo por 3-0 e amealhando a pontuação máxima neste encontro.


Arsenal dos Leitores #1 (Mossoró excluído da convocatória)

Quando foi tornada pública a decisão de Domingos excluir Mossoró da convocatória para o jogo frente ao Paços de Ferreira, por motivos disciplinares, perguntamos no nosso Facebook o que é que os nossos leitores achavam desta escolha.

Quase todos os leitores consideraram acertada a decisão, alinhando as justificações pela necessidade de disciplina no balneário e pelo facto de nenhum jogador poder julgar-se acima do colectivo. Dois leitores fizeram ainda referência ao pedido público de desculpas que o jogador endereçou ao treinador, colegas, clube e adeptos.

O comentário com mais feedback positivo foi o de Manuel Cardoso, que reproduzimos aqui: "Correcto o jogador ao pedir desculpa, correcto o treinador ao afastá-lo da convocatória e correcto o presidente ao não alimentar polémicas na praça pública".

Muito obrigado a todos os que participaram na discussão!

17 de janeiro de 2011

Natação: Braga volta a dominar em Infantis


© Natação - SC Braga


O Sporting Clube de Braga foi o clube com mais classificações nos 3 primeiros lugares (20) em cada prova do Torneio de Inverno de Infantis da época 2010/2011, organizado pela Associação de Natação do Minho, disputado no passado fim-de-semana (15 e 16 de Janeiro de 2011), na Piscina Municipal de Vila Praia de Âncora e que contou com a presença de 71 atletas em representação de 8 clubes da Associação de Natação do Minho.

No Torneio de Inverno a classificação é resultante do somatório dos pontos obtidos por cada nadador no total das provas do programa. O S.C.Braga foi o clube com mais pódios obtidos (4). Assim, os nadadores medalhados do S.C.Braga foram os seguintes: Maria João Ribeiro, segunda classificada na categoria Infantil A, Laura Jesus Gomes, terceira classificada na categoria Infantil A, João Francisco Lopes, segundo classificado na categoria Infantil B e José Pedro Pinto, terceiro classificada na categoria Infantil B.

De salientar ainda que, foram alcançados mais mínimos de participação no Torneio Zonal aumentando assim a comitiva que representará o S.C.Braga e foram alcançados mais de 70% de recordes pessoais em 80 provas nadadas pelo S.C.Braga, o que dignifica o clube e o empenho diário de todos estes atletas no treino.

13 de janeiro de 2011

Natação: Sara Costa na Selecção Nacional


© Natação - SC Braga


Foram convocados para o Estágio de Preparação Geral da selecção pré-júnior, que decorre em Rio Maior entre 13 e 16 de Janeiro, 20 nadadores, depois de uma avaliação dos melhores resultados obtidos no decorrer da presente época.

O Sporting Clube de Braga está mais uma vez representado na Selecção Nacional com a nadadora Sara Costa a ser chamada aos trabalhos da Equipa Nacional Juvenil, depois de no passado fim-de-semana os nadadores bracarenses Edgar Ribeiro e Ricardo Machado terem realizado um Estágio de Preparação integrados na Selecção Nacional.

Tomba-Gigantes: Merelinense nos Quartos de Final

O Merelinense é oficialmente o Tomba-Gigantes da presente edição da Taça de Portugal depois de eliminar o Varzim na Póvoa por 2-1.

12 de janeiro de 2011

Pedido a António Salvador

É preciso puxar os cordões à bolsa!
Agora à distância de alguns dias continuo sem conseguir "digerir" muito bem o jogo de Alvalade. E o que mais me preocupa nem são os três pontos perdidos perante um adversário directo; nem sequer é o golo (mais um) mal validado; mais do que isso, preocupa-me o facto de na segunda parte pela primeira vez desde há muito tempo, eu ter sentido que a nossa equipa se viu sem soluções para "dar a volta" ao jogo.
Nas mais recentes derrotas houve sempre uma explicação: expulsões, erros dos árbitros, lesões, azares diversos. Mas aqueles últimos minutos ficaram-me na memória pela impotência completa da equipa para "cair em cima" do adversário.
Na minha opinião essa incapacidade deve-se, em grande parte, à falta de um meio-campo ofensivo capaz de transportar jogo ofensivo até à grande área adversário. Só Alan conseguiu fazer jogadas desse tipo. Foi manifestamente pouco.
A realidade é que dois dos pilares do jogo ofensivo do Braga (Matheus e Luís Aguiar) saíram e não temos alternativas à altura.
Ganhámos 14 milhões na Liga dos Campeões. É certo que reduzimos  passivo mas se hipotecarmos os resultados desportivos, também as finanças sofrerão a breve prazo. Por isso penso que é urgente investir. É importante lançar jovens como Guilherme ou Capela mas mais importante ainda é adquirir dois ou três jogadores de inegável categoria: um lateral, um médio ofensivo e um avançado. Sem isso temo que comecemos a perder a época e nem uns hipotéticos quartos de final da Liga Europa poderão salvá-la.

11 de janeiro de 2011

Natação: Braga domina Torneio de Estafetas (Cadetes)

No Torneio de Estafetas de Cadetes organizado pela Associação de Natação do Minho, na Piscina Municipal da Póvoa de Lanhoso o grupo de cadetes do S.C. Braga, alcançou o maior número de pódios.

No Torneio de Estafetas estiveram presentes 108 atletas em representação de 5 Clubes, e o S.C. Braga fez-se representar com a maior delegação em competição (33 nadadores), composta por 12 raparigas e 21 rapazes.

Num total de 10 provas em que participaram 50 equipas de estafeta, os Guerreiros do Minho com cinco primeiros lugares e dois segundos, alcançaram o maior número de vitórias e pódios em 10 provas que compuseram o programa de provas do Torneio.

Os atletas do S.C. Braga estiveram em grande destaque ao longo do torneio, pelo nível técnico evidenciado, espírito de grupo, recordes pessoais (85%) e lugares cimeiros alcançados.

A próxima competição deste escalão (Cadetes A e B), ocorrerá no dia 29 de Janeiro com o Torneio do S.C. Braga na Piscina da Rodovia - Braga, com a participação de mais de 20 equipas de clubes representativos de todas as associações do País.

10 de janeiro de 2011

Natação: Braga conquista bronze no Torneio Cidade da Maia


© Natação - SC Braga


O S C. Braga classificou-se em 3º lugar na geral por equipas, entre os 17 clubes presentes, no 11º Torneio de Natação Cidade da Maia, que se realizou no passado dia 8 de Janeiro e que contou com a presença de mais de 200 nadadores.

Em destaque, pelo SC Braga, estiveram Filipe Malheiro, ao classificar-se em 3º lugar na prova de 200m Livres e na prova de 50m Livres; Nuno Oliveira, 3º classificado aos 200m Mariposa e Miguel Silva que também se classificou em 3º lugar, na prova de 200m Costas.

Também num bom plano de evidência estiveram os restantes nadadores da comitiva bracarense que arrecadaram ainda três quartos lugares (Pedro Mendes aos 400m Estilos, Débora Oliveira nos 200m Mariposa e Ana Gonçalves aos 200m Costas); um quinto lugar (Ana Fernandes aos 200m Livres) e quatro sextos lugares (Ana Mendes nos 400m Estilos, Inês Costa e Hugo Silva aos 200m Bruços e Sara Costa nos 50m Livres).

A estafeta feminina (4x100m Estilos) constituída por Ana Gonçalves, Inês Costa, Débora Oliveira e Sara Costa classificou-se em 4º lugar da geral. A estafeta masculina de 4x100m estilos classificou-se em 3º lugar, sendo constituída por Miguel Silva, Hugo Silva, Nuno Oliveira e Filipe Malheiro.

Na classificação geral colectiva, o SC Braga ocupou a 3ª posição entre os 17 clubes presentes sendo 2º classificado o GDNVNFamalicão e 1º o CFVilacondense.

9 de janeiro de 2011

Braga ROUBADO em Alavalade

Não somos nós que dizemos. A imprensa e os especialistas são unânimes ao considerar que o Braga foi mais uma vez ROUBADO neste campeonato, sofrendo mais um golo irregular que abriu a contagem para um Sporting tão fraco que só com a ajuda das arbitragens se consegue manter no pódio do campeonato. Mais uma vez esta época, o Braga foi vítima de arbitragens incompetentes e escandalasos que o atiram para um lugar que não é de todo condicente com o seu tamanho. É tempo dos dirigentes do Braga dizerem BASTA!

6 de janeiro de 2011

Matheus: Final Feliz Numa Ligação Feliz

Agostinho Oliveira foi apresentado hoje


© notíciasdomundial.com


Agostinho Oliveira foi hoje apresentado como Director Técnico para a Formação, depois de ter assinado um contrato válido por 5 anos. À imprensa, afirmou que os objectivos a médio prazo passam pela criação de uma Academia e de uma Equipa B. A Academia, diz, deve estar pronta num "prazo de dois a três anos" e albergará toda a formação do SC Braga.

O novo Director Técnico para a Formação elogiou ainda o bom trabalho que tem sido feito pela formação do Braga, indicando que o caminho a seguir deve garantir uma "colaboração mais directa com o futebol profissional". Sobre a possibilidade de o Braga vir a formar jogadores estrangeiros, Agostinho Oliveira afirmou que o clube não deixará de "ter jogadores estrangeiros de qualidade".

António Salvador lembrou que a aposta na Academia e na Formação é estratégica, devendo ser "bandeira do clube", por possibilitar a formação de "jogadores para o futebol profissional do Braga" e uma maior valorização dos activos, já que para o presidente: "sem vender jogadores o clube não sobrevive".

Natação: Ricardo Machado e Edgar Ribeiro na Selecção


© Natação - SC Braga


Ricardo Machado e Edgar Ribeiro, nadadores do SC Braga, foram convocados para o 2º Estágio de Preparação Geral da Selecção Junior, que vai decorrer em Rio Maior entre os dias 6 e 9 de Janeiro. Para o estágio foram chamados mais 9 nadadores e 8 nadadoras.

Para além dos atletas, também um técnico do Braga, o Prof. Luís Cameira, foi convidado para o estágio da Selecção Nacional.

Confirmada a saída de Matheus


© futeboleuropeu.com


Acaba de ser confirmada a saída de Matheus para os ucranianos do Dnipro, uma mudança que era anunciada já há algumas semanas. Matheus, cujo contrato terminava já no final da época e, por isso, seria um jogador livre daqui a alguns meses, ainda rendeu 1 milhão de euros ao SC Braga.

Matheus tem 27 anos e representa o Braga desde 2005/2006, tendo sido emprestado ao Beira-Mar e Vitória de Setúbal. Ao serviço da equipa do Sado conquistou o prémio de melhor jogador da Taça da Liga, tendo regressado a Braga a meio dessa época. Apenas esta época conseguiu afirmar-se como titular indiscutível e esteve ligado a um dos momentos mais importantes da história do Braga: a qualificação para a Liga dos Campeões.

5 de janeiro de 2011

O cromo 5

O cromo desta semana é Duarte Gomes. Eu sou fã dele. Se não fosse por correr o risco de me chamarem coisas feias eu até criava o clube de fãs de Duarte Gomes e seus bandeirinhas. “Duarte Gomes e sus muchachos Fan Club”. Lindo, não era?
É um árbitro e peras; em menos de 4 minutos já teria posto a malta toda a rir, não fosse o caso de a maioria da malta ser bracarense. Mas se o pessoal não riu como devia, a culpa não é dele; é nossa, que não temos sentido de humor. Ele só queria fazer uma arbitragem de “partir o coco”. E o pior é que houve alguém que não só não achou piada como até pensou que era mesmo para partir o coco e atirou com uma moeda ao coco do bandeirinha. Resultado: uma pipa de massa de multa.
É caso para perguntar: que é isso, pessoal? Então não acharam piada à comédia? Eles esforçara-se o mais que puderam por divertir o pessoal e atiram-lhe moedas?
Bem, até compreendo que lhe quisessem pagar o trabalho de comédia, mas então não é sabido que eles são amadores? Coitados, toda a gente sabe que eles não andam na arbitragem por dinheiro! É só por amor à comédia! E vocês atiram-lhe moedinhas? Isso não se faz, pá! Para a próxima atirem-lhe flores; sempre fica mais condizente…

Dualidade de Critérios na Aplicação de Multas

O Conselho Disciplinar da Liga de Futebol continua a ter um regulamento para o Sporting de Braga e outro para os restantes clubes. Depois de Vandinho ter sido o primeiro jogador de Portugal suspenso por 3 meses na sequência de uma suposta tentativa de agressão, a Liga puniu actos idênticos praticados pelos adeptos do Guimarães e do Braga com multas de 3.500€ e 5.000€, respectivamente. E, para aqueles que acharem que agredir um treinador adjunto não é a mesma coisa que agredir um árbitro assistente, recordamos que o Benfica pagou 3.500€ pela agressão de um adepto a um árbitro assistente. A vergonha continua...

4 de janeiro de 2011

Nota Negativa Para a Violência

O acto isolado de um adepto do Braga custou ao clube uma multa de 5.000 € que não posso deixar de considerar justa. A violência desvirtua o espectáculo desportiva e desprestigia os clubes e os adeptos do futebol. Se a rivalidade entre Braga e Guimarães é importante, os excessos (de parte a parte) a que se assistimos nos últimos jogos devem envergonhar todos quantos apreciam o futebol. Quando é que travamos esta escalada de violência?

Só Por Má Fé Podem Restar Dúvidas

Meyong (Braga) marca golo limpo ao Guimarães

Golo perfeitamente regular de Meyong encerrou vitória do Braga sobre o Guimarães por 3-1. Saldo final: 1 golo irregular para cada lado; um penalti por marcar por carga sobre Paulo César; uma expuslão poupada a N'Diaye no final da primeira parte. Admitindo que os penaltis são golos (o que nem sempre sucede), o resultado justo do jogo deveria ter sido 3-0.

Braga 3 - Guimarães 1: Guerreiros Vencem nas Bancadas

Cadeiras arrancadas pelos adeptos do Guimarães no Estádio Axa

Não houve bolas de golfe, não houve vidros de autocarros partidos e não houve pedras arremessadas na recepção do Braga aos adeptos do Guimarães. O Manifesto Anti-Violência foi integralmente cumprido pelos adeptos do Sporting de Brage que estiveram em esmagadora maioria no Estádio Axa e isso deveria ser destacado pela imprensa que tantas vezes gosta de fazer notícia sobre a violência no futebol.

Aos 4.000 bracarenses que se deslocaram em dois comboios até Guimarães para o último jogo entre as duas equipas, os vimaraneses responderam com quatro autocarros que transportaram cerca de 150 adeptos até ao Estádio Axa. Apesar disso, o ambiente nas bancadas foi escaldante com as habituais picardias sendo que os adeptos do Guimarães foram sempre esmagados pela supremacia dos bracarenses.

Tanto nos cânticos como nas faixas, vitória total dos Guerreiros do Minho que lembraram a sua supremacia inequívoca no futebol português. "Lembram-se de Basileia? Nós lembramo-nos de Sevilha", "Peçam um comboio nas próximas eleições" ou "Maranhão queria a Liga dos Campeões e acabou num clube de aldeões" foram algumas das frases que se fizeram notar no bonito Estádio Axa ao longo da noite de ontem.

Nota negativa para o arremesso de um objecto para o relvado após a validação do primeiro golo irregular da noite e também para o arremesso repetido de cadeiras por parte dos adeptos vimaranenses tal como a imagem acima documenta.

Braga 3 - Guimarães 1: Guerreiros Vencem com Justiça

Meyong bate Nilson e marca o terceiro

Na primeira jornada da terceira fase da Taça da Liga, o Braga venceu o Guimarães por 3 a 1, resultado considerado justo por todos.

Tal como havíamos previsto, Duarte Gomes liderou uma equipa de arbitragem que entrou em campo decidida a prejudicar o Sporting de Braga. Ainda não haviam corrido 5 minutos de jogo e os adeptos do Braga já protestavam, com inteira razão, de uma grande penalidade não assinalada por carga sobre Paulo César e de um golo irregular apontado por Toscano. O jogo começava tal e qual o campeonato, com a arbitragem a embalar o berço em grave prejuízo do Sporting de Braga.

Daí em diante, apenas uma equipa se fez ao jogo. Depois de umas quantas oportunidades desperdiçadas pelo Braga, o minuto 21 fica marcado pela mão na bola de Bruno Teles na área que motivou penálti que Alan converteu num dos poucos lances em que Duarte Gomes acertou ao longo de todo o jogo.

O jogo prosseguiu intenso e a justiça começou a escrever-se por linhas tortas. Lima está em fora de jogo quando, aos 42 minutos, o Braga dá a volta no marcador. Corria o tempo de compensação quando N'Diaye fez um entrada violentíssima que lhe valeu um cartão amarelo que devia ter sido vermelho. Só por muita incompetência de Duarte Gomes é que o Guimarães voltou com onze para a segunda parte.

A etapa complementar jogou-se a ritmo lento, ao sabor de inúmeros perdidas inacreditáveis por parte dos jogadores do Braga. Ao minuto 80 mais um raro acerto de Duarte Gomes que expulsou (bem!) Jorge Ribeiro por agressão sobre Vandinho. No mesmo lance, Freire foi expulso por protestos contra a decisão acertada de Duarte Gomes.

O resto foi o tal jogo-treino que Manuel Machado vaticinara. E para jogo-treino não esteve nada mal.

3 de janeiro de 2011

Ainda a política de comunicação do SC Braga


© Arsenal de Braga no Facebook


Há mês e meio escrevi três posts sobre a política de comunicação e marketing do SC Braga (aqui, aqui e aqui). Hoje a incompetência e inabilidade dos responsáveis pela comunicação do Braga é notícia no Público (aqui).

A notícia contém algumas imprecisões e afirma que "existem [no Facebook] alguns perfis criados por adeptos, que, no entanto, não juntam mais de 1600 seguidores". Na verdade, existem pelo menos três perfis não oficiais com bastante mais do que 1600 seguidores: SC Braga (14044); Quantos BRACARENSES somos? (6409) e Braga campeão (5788). A página não oficial "SC Braga", aliás, chegaria para o quinto lugar no ranking elaborado pelo Público, atrás de Benfica, Porto, Sporting e Académica.

Mas mais grave que os erros dos outros, são os erros que teimamos em cometer. A notícia cita um "assessor do clube confirmou que o emblema bracarense não tem página oficial nesta rede social, “nem está previsto” que venha a ter". E, claro, muito mais grave do que não ter página por desconhecimento, é não ter por displicência. E isso, repito-me vezes sem conta, é incompetência, inabilidade e irresponsabilidade.

Surpreende que um clube cada vez mais profissional e internacional em tantos aspectos, descure uma questão tão fundamental como a comunicação e o marketing. Temos equipa de futebol senior capaz de vencer candidatos a campeões europeus; modalidades a conquistar nacionais, europeus e mundiais; projectos para o presente e para o futuro da formação. Temos tudo, menos alguém no Departamento de Comunicação que justifique o salário que recebe de um dos maiores clubes portugueses.

2 de janeiro de 2011

Braga - Guimarães: Domingos Respeita Competição

Depois de um ano histórico, 2011 abre com um dérbi minhoto entre Braga e Guimarães a jogar-se num dos mais belos e emblemáticos estádios do mundo. Na antevisão ao jogo, Manuel Machado criticou o formato da Taça da Liga, que é criticável, e afirmou mesmo que vai haver um "jogo-treino" em Braga. Toda a gente sabe que não é assim: em primeiro porque a Taça da Liga vale dinheiro que, como é público, faz falta a qualquer clube português; em segundo porque é prestigiante vencer a Taça da Liga, competição que os vimaranenses nunca venceram e que os bracarenses já conquistaram em 1975 quando ainda se denominava Taça da Federação Portuguesa de Futebol; e, em terceiro, porque um dérbi é sempre um dérbi e nem Braga nem Guimarães gostam de perder mesmo que se jogue a feijões. Contudo, percebe-se a estratégia de Manuel Machado. Ao diminuir a importância do jogo está a aliviar a pressão sobre os seus jogadores mas Domingos Paciência não se deixa levar por teorias e afirmou com transparência, como é seu estilo, que o jogo é importante e que, como tal, jogam os melhores.

O dérbi realiza-se na próxima segunda-feira, às 21.15, no Estádio Axa. Os associados devem ter as quotas de Dezembro pagas e adquirir bilhete nos locais habituais. O blogue Arsenal de Braga apela mais uma vez à preparação de uma recepção exemplar aos adeptos do Vitória de Guimarães. E o melhor possível é tratá-los com dignidade e com respeito, permitindo que apoiem o seu clube em condições de segurança e aceitando que participem na festa do futebol com a sua equipa.